.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sábado, 21 de Novembro de 2009

Falta-me a coragem

Ultimamente tenho constatado que os casais inscritos para adopção há mais de 18 mêses estão a serem chamados para Acções de Formação, que não são mais do que reuniões em que se fala da morosidade dos processos, da dificuldade que existe em serem atribuidas crianças pequeninas como é o desejo da maioria dos casais, e finalmente com testemunhos de casais adoptantes.

 

Sei que estas Acções de Formação já começaram há algum tempo e sei também que o distrito de Lisboa já chamou vários casais.

 

Claro que eu ainda não fui chamada e estou inscrita quase há 6 anos como casal candidato.

O que é certo que me sinto tão desmotivada, tão desanimada, e desacreditada, que não me sinto sequer com coragem para ligar para lá a saber porque é que ainda não fui escolhida para uma simples Acção de Formação.

Se é tão difícil chamarem-me para uma simples reunião, que direi para me chamarem no sentido de me atribuirem uma criança...

 

A revolta prevalece e juntamente com o medo de ter que ouvir mais uma vez que temos que esperar faz com que me falte a coragem para ligar para lá. E assim continuamos...à espera...à espera...à espera...Até quando? Até quando conseguirei aguentar todas estas esperas na minha vida? Eu só desejo ter um filho, será que quem tem poderes não consegue fazer um esforço para entender isso?

 

Bjs

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 21:54
link do post | comentar | favorito
43 comentários:
De Filipa a 23 de Novembro de 2009 às 00:19
Susaninha ... as opiniões são unânimes, por isso põe-te a caminho, pois infelizmente neste país, só fazendo barulho é que conseguimos fazer prevalecer os nossos direitos. Vai lá!!!

Beijocas cheias de força e coragem!!

PS - Como está a tua mummy?
De Liliana a 23 de Novembro de 2009 às 10:53
costumo ler o seu blog e realmente fico indignada com a sua situação.6 anos é mto tempo para se ficar à espera e há tantas crianças neste país a precisar do amor que de certeza se nota que tem para dar.
sei que é uma pergunta talvez descabida....mas já tentou o pedido de adopção directamente junto de pais que tencionem dar os filhos para adopção?mas não como em casos de esmeraldas e afins.....ir directamente à fonte e tratar dos papéis legalmente.
beijinhos e força nessa luta
De Maria Pereira a 23 de Novembro de 2009 às 12:05
Ai amiga, que te hei-de dizer? Que tou ao teu lado, que sei o que sofres, que a espera nunca mais acaba, que é um desepero sentirmos que não podemos fazer nada para que as coisas andem mais depressa...

Como sabes espero à 7 anos e pensei que estava quase, quase, quase mas afinal ainda não foi desta. Passaram 2 meses e o telefone não voltou a tocar...

Quanto a essas reuniões, nunca tinha ouvido falar mas se é para conversa mole, dispenso! Não preciamos de pessoas a dizerem-nos que demora muito tempo, nós sabemos! Não precisamos de alguém que nos diga que deviamos aumentar as idades, cada um é que sabe o que sente que consegue e pretende. Eu tinha dito que não me importava de adoptar 2 irmãos, mas nem por isso o processo foi mais rapido.

Amiga, eu sei que custa esperar, mas o nosso filho do coração vai chegar! Custa, demora, mas ele(a) vai chegar! O telefone vai tocar! Porque eles não nos podem dizer que não. O tempo é que custa muito a passar...

Mil beijos especiais só para ti
De inês a 23 de Novembro de 2009 às 12:09
Fico bastante triste ao ver tanta gente a falar sem saber direito o que diz.
Essas formações existem sim, começaram agora mas só funcionam para segurança social.
Quem está inscrito na Misericordia por exemplo não tem direito a frequentar, ainda.
Conheço vários, mas vários mm casos de adopção, até mesmo de pessoas que trabalham na Misericosdia. Não conheço nenhum caso de "cunhas", mas conheço vários, que alteram as estórias mais tarde, para parecerem melhor que os outros, ou qq coisa do género. Sei que há casais que esperaram mto pouco tempo, mas sei tb ver a diferença das restrições que colocaram qdo desejaram a tal criança. Também sou candidata a uma, e como todos aguardo ansiosamente.
Liga-lhes e tira todas as duvidas. Não há nada pior que duvidas e incertezas.. Vai correr bem para todas nós! Bjinhos
De sonhoterumfilho a 23 de Novembro de 2009 às 13:48
Eu tenho conhecimento de casos em que a Santa Casa da Misericórdia já chamou para essas reuniões e podes constatar aqui no comentário da GI:

http://www.apfertilidade.org/phpBB2/viewtopic.php?t=33025

Posso perguntar há quanto tempo estás inscrita?
Já agora deixa-me dizer-te que eu desloquei-me à SS no ano passado e perguntei se podia alterar a idade da criança para uma criança mais velha e disseram-me que não valia a pena.

Bj
Susana

De ines a 23 de Novembro de 2009 às 17:01
Essa rapariga foi atravez da SS. Não pela Santa Casa da Misericordia. Está escrito logo na 1ª linha.

A Susana está então inscrita pela SS? Nem sempre o que lhe dizem é totalemente verdade. Há 3 meses, um casal adoptou 2 irmãos (sei que não colocaram quase nenhumas restrições; pelo que soube, apenas não aceitavam se tivesse alguma doença grave.. mas é melhor filtrar sempre um pouco das estórias) e sei que se inscreveram na Misericordia há 2 anos_ um era mestiço e a irma mais velha branca. Não houve cunhas!!
Tiveram sorte... se calhar!! ..
Sei que há mil queixas da SS e a principal é o tempo de espera.. mas não só..
Se estivesse no teu lugar, alterava a idade sim!! Dizem que não faz diferença, mas FAZ, e muita!!
De sonhoterumfilho a 23 de Novembro de 2009 às 18:35
Não é o 1º comentário no forum que leste, é o comentário da GI, enra no link e corre alguns comentários mais em baixo, tens lá o da GI ela fala da Santa Casa.

Susana
De ines a 23 de Novembro de 2009 às 19:26
Susana! Na semana passada estive na Santa Casa, em Lx. Pergunte isso das formações, cursos, preparações, essas coisas que tinha lido numa resvista sobre ONG, etc.
Até posso dizer o nome da Funcionária que me respondeu: Pois, vejo que está informada. Nós (Santa Casa) estamos em formação neste momento para podermos dar esses cursos um dia na Misericordia. Esses que leu só se passam, ainda, na SS. É do nosso maior interesse podermos vos facultar essas formações!
Perg se podia fazer por fora, ou seja, por conta e risco! Disse-me que não. Não há cá fora e voltou a repetir.. é só na SS por enquanto.

Isto foi exactamente a conversa que demorou 2min. Não me admirava que fosse mentira, ou não fosse bem assim! Mas como é esta senhora que me esta a cuidar do meu processo, eu confio nela; até porque até agora não me enganou nem uma vez!: até coloca mm a realidade cruel como ela mesma sabe ser!!
De mjm a 23 de Novembro de 2009 às 18:39
Pois, bem...eu como fui das pessoas que comentei este post e falei que existem "Cunhas" e MUITAS MESMO!!! Só venho aqui perguntar-lhe quanto tempo é que "essas"pessoas que adoptaram e que trabalham na Misericordia estiveram á espera de Um FILHO??????Pois é precisamente "dessas"pessoas que falo e com CONHECIMENTO de causa e não para contar HISTÓRIAS!!! muito menos para me gabar.

Teria muito para a questionar sobre as coisas erradas que aqui escreveu mas volto só a repetir a pergunta que a Susana lhe fez: Á quanto tempo está inscrita???é que não lhe chegou a responder! E mais se existem "cunhas" essas reuniões não servem para nada.....apenas para criar ilusões e tentar mostar que estão a trabalhar....
Ainda mais uma coisa, contradiz-se várias vezes naquilo que diz e por isso deve achar normal um casal esperar 7 anos por um filho sem uma unica resposta nem reunião?????

Em relação ás "devoluções"de crianças, só vem reforçar o que digo, pois se precisam de mais de 7 anos para "Estudar" um casal, devem gastar esse tempo com todos, ou não?afinal parece que sempre há quem passe pela "porta do cavalo"?
Logo aí se vê o Amor que esses pais tinham por um Filho!!!Esses então foram bem estudados!!!ou foram as "cunhas"????

Já agora lembro-lhe que também conheço pais que quiseram adoptar e tiveram esse filho em SEMANAS, repito porque sei e vi o que estou a dizer, apenas para o circulo social em que se encontram inseridos e em que "parece"mal não ter filhos e de facto só não os devolvem porque seria mostrar fraqueza, nesse mesmo circulo, mas Amor nunca vi dar a essas crianças!!!!

Afinal em que ficamos?

Ás vezes é bem melhor ficarmos calados do que falar daquilo que não sabemos ou que queremos esconder, ou ainda vir dizer que nós não sabemos do que falamos e contamos histórias!!!!Antes fosse, pois era sinal que não viviamos num país podre!!!

Não é o meu caso!!!!!Falo do que SEI e VI e VIVI!!!

Boa sorte
(Desculpa Susana! e Força nunca desistas, mas tens aqui a prova do que te falei....lá dentro da misericórdia!´...como vês "vários" casos....)
De ines a 23 de Novembro de 2009 às 19:58
Gostava de saber de onde é que vem essa agrecividade toda? Estou inscrita há 16 meses, mas ainda não percebi a que preposito é feita essa pgunta. Muda alguma coisa??

Como é obvio cunhas e pessoas a passar pela porta do cavalo sempre houve em TUDO, tudo mesmo!!, e nunca achei que a adopção tivesse ficado de fora. Não acho, repito: ACHO que esse seja a maior parte dos casos, muito pelo contrário!
Deve haver vários casais que passaram à frente da lista.. as tais cunhas; mas, por favor!_ não posso nem devo me deixar levar por isso tudo. A vida é tão dificil, bolas! Se me prender com essas coisas é inevitável ficar amarga, zangada, triste, magoada; e não quero!! A luta é mesmo essa!!!!!

Achar que as reuniões servem para nada, é péssimo logo de partida. Espero que não as faça, pois quem está com essa postura logo de inicio, não vai aproveitar nem 1 min.
Tenho pena que ache que sabe tudo, e que não há nada que os outros lhe possam ensinar, transmitir ou passar nessas formações!! Não sou da mesma opnião: acho que qualquer pai adoptivo que já passou por todas as dificuldades, principalmente as iniciais; me pode ajudar muito!

Pelo que percebi acha que então os casos de devolução da criança, são as tais cunhas?.. é isso?? Os tais pais que passam pela porta do cavalo, conseguem tudo num abrir e fechar de olhos, e que pelos vistos nem querem mto a criança.. é mais tipo passatempo.. E então, pronto.. devolvem,
Por amor de Deus!! Ninguém se mete numa coisa destas dessa maneira. Por falta de preparação sim, por falta de noção da realidade, por iguismo, por não ter noção do estado em que normalmente estas crianças aparecem.. a tal mochila que tantos falam. Por “n” razões.. que eu, assim como qq pai ou mãe adoptivo, espero conseguir ultrapassar da melhor maneira, a melhor que sei..

Ps. Susana. Acompanho o blog desde o inicio. Continua a lutar, por favor!! No fim, vai correr tudo bem, assim o desejo. para todas nós..
De sonhoterumfilho a 24 de Novembro de 2009 às 10:46
Inês,

Eu compreendo perfeitamente que queiras ver o lado positivo de tudo o que envolve a adopção, porque eu própria quando tinha 16 mêses de espera também via tudo de outra forma. Agora ao fim de 6 anos, depois de várias tentativas para falar com a S. Social, através de telefonemas, presença fisica, e cartas registadas sempre com as mesmas respostas e a ver casais inscritos há muito menos tempo que eu a passarem-me à frente, como queres que me sinta? Eu e outros casais que estão na mesma situação que eu?
Deus queira que não estejas 6 anos à espera de uma criança, até que pelo que percebi as entregas pela Santa Casa são mais rápidas, mas como eu não resido em Lisboa, mas sim no distrito de Lisboa não tenho hipótese senão adoptar através da S. Social.
Agora espero que percebas porque casais como eu, ficam revoltados, amargos, tristes e magoados...6 anos sem respostas plausiveis é muito tempo para quem tem já quase 40 anos e 19 anos a desejar um filho.
Era bom que a S. Social visse isso.

Susana
De ines a 23 de Novembro de 2009 às 12:25
ahh.. e qto às formações, pelo que li; não é atirar conversa fora.
É uma coisa boa e bem pensada.
Como sabem, só no ano passado existiram 80 crianças que foram rejeitadas pelos pais adoptivos e voltaram para as instituições, algumas por razões sureias!..
Por mais preparados que estejamos, existem sempre surpresas. A ideia destas formações é diminuir estas surpresas, prepararem-nos melhor, e claro que também ajuda a passar o tempo, o que também é bom!
Se continuarmos sempre a ver a lado negativo de tudo, sempre a pensar que nos querem enganar ou passar para trás.. a vida ainda custa mais do que já custa!
A ideia por trás destas formações é excelente. Agora resta aguardar para saber quem as dá e se as dá bem ou não..
De sonhoterumfilho a 23 de Novembro de 2009 às 13:59
Então porque não estudam exaustivamente os pais biológicos antes de voltarem a estregar-lhes os filhos? Quantas crianças são entregues e retiradas e voltadas a serem entregues aos pais biológicos? Eu não consigo perceber onde está o supremo interesse da criança?

A partir do momento que um casal se inscreve para adopção, é porque deseja ter um filho, logo, tem um Amor infindável para dar a uma criança.

Eu pergunto: Já não podia ter feito uma ou duas craiaças muito felizes, em vez de estarem a crescer em Instituições ou mal-tratadas em casa dos pais biológicos?

Tudo isto me faz muita confusão.

Susana
De inês a 23 de Novembro de 2009 às 17:09
Susana. Tenho a certeza absoluta que fariam, os 2, qualquer criança mto, mto feliz!!
Está errada toda a legislação por de trás da adopção!! Não podia estar mais de acordo!!!
Mas isso não invalida estas formações existerem!! Deviam ser obrigatórias!! Deviam ser exigidas até pelos proprios pais adoptivos!! Não invalida um acompanhamento rigoroso durante o 1º ano pós adopção, o que também não acontece!!
Queremos dar o nosso melhor!! Queremos todos!!! e se isso implica formações, troca de estórias, é sempre mto melhor; até porque pode haver um dia em que precisamos de apoio, de ajuda..
De Puala a 23 de Novembro de 2009 às 12:56
...mas o ke é isso Dona Susana?????
Não gosto de te ouvir nem ver de braços para baixo...liga para lá e pergunta, és uma lutadora! Quem sabe se do outro lado não vem uma boa nova.
E também te digo ke estas acções de formação só servem para nos (contribuintes) gastar dinheiro. Não te sentes preparada para ser mãe? Não tá o B. preparado para ser pai? Não estamos todos preparados para sermos tios? - Claro ke sim, portanto não sei para ke serve a tal acção de formação.
Liga se fazes favor!
De Paula a 23 de Novembro de 2009 às 12:57
...sou eu de novo para deixar beijokas :)
De RosaLino a 23 de Novembro de 2009 às 13:37
Olá!
Minha querida, o que posso eu dizer, apenas que nunca desistas, aconteça o que acontecer, eu desanimo, fico triste, em baixo, pois quem espera desespera, e eu tenha lido tanta coisa, e poucas são as vezes que lemos coisas que nos fazem ter esperança, animar, só mesmo estes nossos amigos que nos lêm e que dão um apoio incondicional,(só eles tem palavras de conforto), como tu, eu e muitos outros, estamos de coração partido, porque o tempo passa, não existem respostas, não existem previsões.
Estamos à espera à 3 anos e meio e já alargamos a idade dos 3 para os 5 anos, não importamos da raça ou da étnia, não entendo o porque de tanta demora, Rapidez nuns casos , grande espera noutros, tudo muito dificil de entender.
Força linda, liga sempre, mostra que estas ai, hoje e sempre,Beijinhos.
De nykita a 23 de Novembro de 2009 às 15:33
Ai amiga até me cortaste o coração , amiga não pares vai lá liga para lá para eles verem como estás sempre á espera e que não deistes.
não baixes os braços tu és uma lutadora eu sei que o teu coração está cravado de feridas e precisavas de algo que te desse mais animo tu mereces ,
amiga força luta com todas as tuas forças mas não desistas.
um beijinho xeio de força e carinho
De Angel a 23 de Novembro de 2009 às 16:39
Olha amiga eu telefonava ou ía mesmo lá, mostrava uma cara em k n estava nasda contente e k ka estava á espera ha 6 anos...
Força!!!
Bjs

Comentar post

.links