.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

Recordar o passado

Nunca recordei tanto o passado como agora que já sou mãe.

Estes últimos 20 anos foram passados sempre com um único objectivo que era o de concretizarmos o sonho de sermos pais, que nem nos apercebiamos do sofrimento pelo qual estavamos a passar.

 

Hoje ao olhar para trás dá-me vontade de chorar. Recordo alguns tratamentos que emocionalmente foram complicados de gerir Recordo as inúmeras viagens até ao Porto em que faziamos 600km muitas vezes dia sim dia não para ir fazer uma simples análise ou uma ecografia...dos resultados negativos que recebia através de um telefonema no meu emprego, e ter que colocar uma "máscara" e fazer de conta que tudo estava normal e que eu estava feliz, quando as lágrimas teimavam em inundarem-me os olhos...da chegada a casa e de abraçar o meu marido e chorar o filho que nunca existiu mas que eu já imaginava na minha barriga (e tantas foram as vezes que tivemos que passar por isso)...da gravidez gemelar e da dor da perda que eu desconhecia, e de como foi difícil voltar a sonhar...de não termos respostas para a nossa infertilidade e da incerteza de saber se algum dia iria voltar a engravidar e ter um filho nos meus braços a chamar-me mãe.

Hoje aqui com a minha filha no meu colo sinto que tudo valeu a pena, mas o sofrimento causado ninguém o tira e hoje sim, recordo com angústia e dor o que passamos, e pergunto-me muitas vezes como aguentamos tanta coisa em 20 anos (metade da minha vida).

A infertilidade não se vence, ela continua cá bem vincada na minha vida.

 

A Marta está óptima, continua a aumentar bem o peso e já se notam umas preguinhas bem cheinhas no corpinho. Continua sossegadinha, embora já tenha periodos acordada. As noites são óptimas, nunca chora e eu consigo dormir entre as mamadas.

Muitas vezes quando olho para ela ainda me parece um sonho.

 

Bjs

Susana

 

publicado por sonhoterumfilho às 15:33
link do post | comentar | favorito
35 comentários:
De Karina a 15 de Novembro de 2011 às 21:53
Os 20 anos de infertilidade nunca se esqueçem... Mas tens aí mesmo a tua beira a LUTA desses 20 anos minha flor.

Es uma grande mulher, e estás sempre no meu pensamento!

Um beijo muito grande*
De Joana a 16 de Novembro de 2011 às 14:48
Olá!

A Marta é uma benção, é o fruto do vosso amor e da vossa luta mas não tem o poder de apagar o que vocês viveram de difícil, de complicado.

Beijinhos
De Sandra a 15 de Novembro de 2011 às 23:05
Parabéns, merecem o melhor do mundo!
Têm uma história de amor fascinante!
De Rosalino a 15 de Novembro de 2011 às 23:59
Vais ter agora muito mais coisas que tem vão fazer recordar no futuro. Coisas das quais fazem parte essa menina que tens no teu colo. Isso sim. Vai ser para recordar pela vida fora e te meter um sorriso de orelha a orelha.
De cris pedrada a 16 de Novembro de 2011 às 02:41
"Eles não sabem que o Sonho é uma constante da vida, tão concreta e definida como outra coisa qualquer...!"
Espero que nunca acordes deste sonho maravilhoso. Beijinhos
De Nany a 16 de Novembro de 2011 às 09:48
20 anos é uma vida mas a vossa história só demonstra como a perseverança e a luta saem vencedoras.
A Marta é a o vosso prémio, mas concordo contigo quando dizes que o sofrimento ninguém apaga.
Felicidades para vocês.
Bjks
De LÍDIA a 16 de Novembro de 2011 às 10:08
Olá Susana;
Fico feliz por estar tudo bem com voçês. Eu sempre a admirei pela sua luta e pressistência ... é uma Grande Mulher ... é mesmo. Acredito que tenha sido muito sofrimento e dor, mas conseguiram. É óptimo. Veleu a pena. E, chorar de alegria não é pecado, .... faz bem, muito bem. Coragem Susana; e há que viver um dia de cada vez. Um grande beijinho. Lídia - Gonçalbocas.
De Dina a 16 de Novembro de 2011 às 10:43
nem sabes como as tuas palavras são tão minhas tambem. Revejo-me completamente aqui neste texto retirando a parte da perda pela qual nunca passei felizmente. Os nossos filhos são o sonho das nossas vidas. Como conseguimos aguentar é uma pergunta que tb me faço. Mas basta olhar pra eles para termos a resposta - no fundo nós sabiamos que eles viriam só não sabiamos quando.

Abraço grande á mãe e á filha
De Francisca a 16 de Novembro de 2011 às 11:02
Querida Susana,

só para lhe enviar um beijinho especial e dizer que depois da tempestade (mesmo que a tempestade dure 20 anos) chega sempre a bonança!

E a sua bonança, a sua Marta, está cá para provar como a mãe e o pai foram valentes e capazes de ultrapassar todas as chuvas! Mesmo a das lágrimas.

Tudo de bom! e... PARABÉNS!!! sempre!
Francisca
De Saltos Altos Vermelhos a 16 de Novembro de 2011 às 15:04
Realmente foi uma dura luta e 20 anos não é para todos e enfrentar a infertilidade é muito duro, mas vocês tiveram a vossa recompensa :) Beijinhos
De Cláudia Ferreira a 16 de Novembro de 2011 às 17:19
Olá linda, ainda bem que está tudo a correr da melhor maneira.

Todas nós torcemos por vocês e ainda bem que nunca desististe do teu sonho, conheço alguns casos que não aguentaram as incertezas e tratamentos e desistiram.

Hoje tens a filha que sempre procuras-te e só te desejo muitas felicidades.

Beijos

Comentar post

.links