.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Regresso ao passado...

Testemunho da crydolphin no forum da APF:

 

Olá amigas, ontem ao ver um pouco do programa da Maria Elisa regressei ao tempo em que pensava que nunca iria ser mãe... na dor que sentia e a angustia que era para mim ver crianças ou mulheres grávidas, começava logo a chorar. Cheguei a sentir-me a pior pessoa à face da terra, tinha medo de tocar na barriga das minhas cunhadas quando estavam grávidas, medo de passar alguma coisa má para os bebés pois no fundo eu tinha inveja. Não era inveja de querer mal, mas sim de querer estar na mesma situação. Lembrei-me também de todo o processo de infertilidade, do dia em que soube que o meu marido não tinha espermatozoides e de dar a volta à cabeça para tentar achar uma maneira de lhe dar a noticia, lembrei-me das injecções, das consultas, do medo de não resultar. Depois lembrei-me da alegria do positivo, da 1ª eco, de chorar quando vi no ecran que estava grávida e que afinal eram dois... tanto pedi a Deus um filho e ele deu-me 2 Smile lembro-me de ter ficado assustada mas feliz ao mesmo tempo. Lembrei-me também de todas as vezes que fui a Fátima pedir por mim e por todas nós que passamos por esta maldita doença. Recordei com carinho as 1ªs compras para os bebés e da roupa de pré-mamã, de preparar o quartinho enquanto via a barriga crescer todos os dias, a alegria de sentir os meus filhos dentro de mim (que saudades...) a alegria de ir para a maternidade, de ver os meus filhos pela 1ª vez e de os ter nos meus braços, a angúsita de os ver perder muito peso e de não sair da maternidade por causa disso, as saudades que eu tive de casa... agora olho para trás e vejo que todo o sofrimento compensou. Quando olho para os meus filhos nem acredito pareçe que estou a sonhar, as mãozinhas com os dedinhos tão prefeitinhos, as carinhas deles enquanto dormem fazem o meu coração derreter e cada dia que passa amo-os mais e mais. Mas não esqueço o que sofri e só peço a Deus que dê essa alegria a todas vós... eu também pensava que era impossivél mas consegui, por isso peço-vos que nunca deixem de acreditar e quando pensarem que nunca vão conseguir lembrem-se que nada é impossivél e que um dia o vosso dia há-de chegar. O meu demorou 6 longos anos... mas chegou! Muitos beijinhos e muita força amigas, estarei sempre aqui para vos apoiar Wink BOA SORTE A TODAS!

 

Afinal toda esta luta vale a pena, todo este sofrimento um dia é recompensado. Temos que continuar em busca do sonho, afinal não se desiste de um filho.

Espero que este testemunho vos encoraje a não desistirem e a acreditarem que só com perssistência e muita força conseguimos o que desejamos.

 

Bjs

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 13:55
link do post | comentar | favorito
28 comentários:
De cris a 23 de Setembro de 2009 às 15:18
eu tambem já tenho a minha estrelinha na barriga... só peço que tudo corra bem e que este bebé tão desejado nasça perfeitinho e com saude... temos de acreditar... acreditar... e lutar... mas nunca desistir.
è um testemunho lindo...
beijinhos ás 2
De mjm a 23 de Setembro de 2009 às 15:21
Minha Querida....

Também vi o programa todo!Estava lá a Madalena Barata, foi minha médica á cerca de 6 anos e que achou a minha infertilidade era psicologica...., mandou-me com uma carta para uma colega dela, psicologa...meu Deus!!!Tantos erros, depois disso já engravidei como sabes e não é psicologico....

Gostei muito de ouvir a Filomena(é uma querida)...emocionei-me com os testemunhos e pensei muito em ti, se estarias a ver o programa.

Esta carta é uma esperança, aquela esperança que eu te falava outro dia, acredita AMIGA, força para ti também! Este dia vai chegar e vais estar desse lado a partilhá-lo connosco....

Coragem minha querida, são estes testemunhos que nos dão toda a FORÇA para continuar.

Um enorme beijinho
De Ana a 28 de Setembro de 2009 às 21:21
Minha querida
Li as tuas palavras, as quais me deixaram muito curiosa, eu sou mais uma, entre muitas muitas, que deseja ter a tal estrelinha, mas que infelizmente não consigo. A minha médica também diz que o meu problema deve ser apenas do foro psiquico, o qual eu descordo totalmente, mas o que é certo é que não consigo engravidar, já são muitos anos a tentar, isto consome de tal maneira, que só nós é que entedemos. Mas conta como contornas-te o teu problema.

Beijinhos
Ana
De mjm a 29 de Setembro de 2009 às 17:16
Olá,

Em primeiro lugar peço desculpa mas não sou capaz de acreditar numa causa psicológica para a Infertilidade, ainda ninguém provou uma coisa dessas! Posso entender que não se estude o casal profundamente e não se consiga detectar ou que ainda não estejam descobertas todas as causas de uma Infertilidade, mas psicológica, não...senão como poderiam explicar uma gravidez fruto de violação, ou em paises de 3º mundo onde as mulheres desejam tudo menos um filho pois já sabem que vai "morrer" de fome. Certamente, se assim fosse o factor psicológico faria com que não engravidassem nesses casos. E podia dar o exemplo de muitos mais....Agora que a parte psicológica é muito importante para se viver o tempo de Infertilidade com tranquilidade ou o tempo de uma gravidez muito desejada com maior ou menor ansiedade, isso sim, aí a parte psicológica é muito importante na calma e na transmissão de paz ao bebé, agora CAUSA de infertilidade não. Por isso no meu caso a médica que citei neste comentário estava redondamente enganada,pois nem aos exames que levei deu importância, mas sim ao facto de eu ter ido parar lá depois de uma perda e estar profundamente abalada psicologicamente por isso, assim como estão todos os médicos que partilham desta opinião.

Não conheço o teu caso mas eu tenho causas(já identificadas) para a Infetilidade como a Endometriose e SOP, embora já tenha engravidado 6 vezes e perdi. Aí sim a parte psicológica é importante para superarmos esta DOR da perda e voltarmos a ter ânimo para Lutar.

Não sei se te dei alguma ajuda, de qualquer forma estou á tua disposição para te esclarecer sobre tudo o que precisares, se tiveres blog e quiseres deixar aqui poderei visitar-te, ou então se precisares de alguma coisa podes facultar-me o teu mail e eu estou á tua disposição para te esclarecer se for o caso.

Espero ter-te ajudado e desculpa se tenho uma opinião bem diferente da médica que te acompanha.

Um grande beijinho e coragem na tua luta

(Obrigada Susana por esta ocupação do teu espacinho)

De Ana a 29 de Setembro de 2009 às 20:11
Olá

Obrigada pelas tuas palavras, no meu caso, nem sei o que pensar, já fiz exames e mais exames, o meu marido também, alguns tratamentos mais básicos e a médica não encontra uma explicação, diz que está tudo bem e normal e para esperar. De tanto esperar já são 5 anos a tentar e nada. Enfim ...
(deixo aqui o meu mail csousa378@gmail.com)
Beijinhos
De sonhoterumfilho a 29 de Setembro de 2009 às 22:32
Este blog nem faria sentido se não fosse para ajudarmos que tanto sofre com esta maldita doença.
Podem trocar as duvidas que desejarem, hoje e SEMPRE.
Ana, desejo muito que consigas alcançar oteu sonho e a ajuda da mjm pode ser preciosa.

mjm, amiga, este espaço é de todos aqueles que respeitam e são solidarios com esta doença. No que pudres ajudar estás SEMPRE à vontade e não precisas de pedir permissão.

Bjs
Susana
De mjm a 1 de Outubro de 2009 às 03:41
Minha Querida Amiguinha,

Tu és das pessoas mais incriveis, mais puras e sensiveis que já conheci em toda a minha vida!

Agora acompanho-te também no fórum e cada vez mais, em cada comentário descubro a pessoa carinhosa, prudente e sensata que és...

Desculpa mas tinha que te dizer isto aqui...OBRIGADA por tudo o que tens sido para mim, Grande Exemplo de Mulher...AMIGA!

Já contactei com a Ana, espero poder ajudar em alguma coisinha.

Um Enorme Beijinho minha Querida...
De sonhoterumfilho a 1 de Outubro de 2009 às 09:42

Já uma vez te disse e volto a repetir: sinto-me muito pequenina perante ti, e não preciso dizer mais nada.

Um bj bem grandeeeeeee
Susana
De marta casal a 23 de Setembro de 2009 às 17:31
Olá amiga,
Antes de mais, esta injecção de Esperança tb é para ti!!!!
Vi o programa e gostei, apesar de as coisas na realidade não serem bem como lá foi dito, mas, foi positivo:)
bjos
De inca a 23 de Setembro de 2009 às 19:17
tb eu fui uma sortuda,por isso acredito que vale a pena lutar.um bj enorme amiga
De Anónimo a 23 de Setembro de 2009 às 19:24
Minha querida, são a todas as historias com finais felizes que tens de te agarrar... eu acredito e tenho muita esperança que o teu dia está a chegar...agarra esta onda de esperança.
Mil bjs
Lola(Claudia)
De zeza a 23 de Setembro de 2009 às 22:24
Pois amiga.. só vi a 1ª parte.. mas aslagrimas correrem imenso.. saõ recordaçoes que jamais esquecerei.. e eu já era mãe.. mas o sofrimento é enorme.. a inveja.. não se pode chamar isso.. ser mãe deveria ser natural e normal para todas as mulheres que assim o desejassem..acredito amiga que todas terão o seu dia.. TODAS.. porque é assim que tem de ser.. tenho pena de não ter visto o resto.. mas os intervalos são longos demais.. mil bjos doces.. GRANDE SUSANA E TODAS AS MULHERES QUE LUTAM COM TODAS AS SUAS FORÇAS PARA ALCANÇAREM O SEU SONHO...LINDO..
De ruby a 23 de Setembro de 2009 às 22:29
Olá amiguinha
Sao testemunhos destes que nos dao força para continuarmos a lutar, felizmente eu já consegui a minha estrelinha. Mas continuo a torcer para que as minha amigas tb a consigam

bjs
De Leonor a 23 de Setembro de 2009 às 23:21
Não vi o programa com muita pena minha, no entanto, o testemunho k aki transcreves é MUITO encorajador para TI, para a MINHA VERA, para a MINHA PAULA, para TODAS as k kerem ser mães, é muitissimo positivo. Obrigada por seres assim Susana, pk tu estás sempre a escrever c situaçoes de esperança k tens tambem k as aplicar a TI. Eu entendo bem a referida "inveja" pk no fundo nao é inveja mesmo, mas pena de nao se estar na mesma situaçao, pk eu , como perdi os meus 2 meninos da minha Verinha, também kuando após o acontecimento , via grávidas, sentia essa dita "inveja" de não ser a minha filha , e do pk do tudo o k aconteceu, mas este testemunho é muito, mas muito bom para todas vocês k tanto kerem ter um filho. Não , NUNCA se desiste dum filho.
Mil beijos para ti minha kerida Susana
De Vina a 24 de Setembro de 2009 às 10:39
Uma história de esperança, fé, persistência e, sobretudo amor, muito amor!! Que estes quatro ingredientes nunca faltem na vossa vida, na vossa história e no vosso coração, para que possam prosseguir a vossa luta e o sol em breve brilhe radioso para vós, juntamente com o brilho das duas estrelinhas que tendes no céu a olhar por vós! E, se vos puder servir também de exemplo, olhem para mim própria que, depois de duas vezes ter passado pela dor de dar à luz e não levar bebé nenhum nos braços (apenas no coração), comigo para casa, persisti, tive fé (embora também tivesse imenso medo!!) e à terceira vi o meu sonho tornar-se realidade com a minha Lara! Beijos ternos e cheios de amizade.
De julia a 24 de Setembro de 2009 às 12:36
Um eijo e um abraço forte.

Comentar post

Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links