.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Estou triste e cansada...

Sinto-me cansada, e não me sinto bem comigo mesma.

Estava tão feliz com a minha consulta, vou começar um ttt em breve, tinha todos os motivos para estar e sentir-me bem, mas desde hà uns dias para cá que me sinto nostálgica, choro por tudo e por nada, não me apetece falar, isolo-me, fecho-me em casa no fds, não sei o que se passa comigo. No fundo até sei, são as saudades, saudades das minhas filhas...

Quanto mais o tempo passa, mais as saudades aumentam, não sei como vou conseguir gerir a minha cabeça, ou se algum dia irei conseguir, é uma dor muito grande e uma ferida que nunca se irá cicatrizar no meu peito.

Recordo a cada minuto, os momentos maravilhosos de uma gravidez muito desejada, amei e amo as minhas filhas incondicionalmente, como se elas estivessem nos meus braços.

Revolto-me quando me lembro que estive internada 3 dias porque estava com dores,  contracções e perda de sangue, e passados os 3 dias o médico de serviço aos internamentos teve o desplante de me dar alta, sem sequer me ver e sem me receitar repouso.

Vou para casa feliz, pensando que estava livre do perigo que corria de perder as minhas filhas, e no mesmo dia à noite começaram as dores e o corrimento, de madrugada voltei às urgências cheia de dores e o mesmo médico que me tinha dado alta, fez eco, e estava tudo bem, eu sentia as minhas filhas mexerem, e vi-as no ecram, lindas, pela última vez com vida. Passado 1 hora depois da eco estavam a nascer, primeiro a Leonor, depois a Beatriz, que ainda veio com o saco gestacional e o liquido amniotico. Pedi para ver e vi as minhas meninas, a Leonor vi-a muito bem, com cabelinho castanho, toda formadinha, era linda, e a Beatriz quase não consegui ver, porque estava coberta com o liquido dentro do saco, não conseguiram sobreviver fora de mim, e rumaram ao céu.

Estas recordações jamais as esquecerei, foi o pior dia da minha vida e ainda transporto comigo essa dor que teima em não diminuir.

Desculpem, mas eu precisava de deitar cá para fora o que tenho no meu coração, evito falar neste assunto com o meu B. porque sei que também sofre, e não quero fazê-lo sofrer mais ainda, não falo nisso com os meus pais, e com os colegas de trabalho, nem pensar, pensam que estou perfeitamente restabelecida, e que não sou a única que sofreu um aborto.

Preciso que o mês de Abril chegue rápido, para voltar a criar Esperança e agarrar-me aos objectivos que sempre fizeram parte da minha vida - Ter um Filho.

Preciso voltar a sonhar...

Preciso voltar a Acreditar...

Preciso restabelecer-me...

Preciso de carinho, de mimo...

Preciso de Força, para seguir em frente e olhar o futuro com algum sentido.

Obrigada minhas queridas, por me "ouvirem", sem vós tudo seria muito mais difícil de suportar.

Bjs com muita ternura

Susana Pina

 

publicado por sonhoterumfilho às 09:44
link do post | comentar | favorito
43 comentários:
De zeza a 27 de Fevereiro de 2007 às 10:38
ai amiga..so keria estar perto de ti.. e dar-te akele abraço..bem mas bem apertadinho..caramba.. nao foi justo amiga.. nao foi..mas tenho a certeza k DEUS vai-te recompensar.. sei kSIM..mil bjos carregadinhos de mimo.. porem molhados pois to a xorar..kk coisa Susana..eu farei tudo para te ajudar..
De inca a 27 de Fevereiro de 2007 às 10:43
querida essa dor é normal apesar de muito cruel.continua atrocar pensamentos por letras e letras por pensamentosporque assim estás a fechar pequeninas etapas da nossa vida para podermos crescer com mais força.beijinhos enormes.
De Nany a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:22
Não sei se alguma vez essa dor irá desaparecer, penso que irá atenuar-se mas vai estar lá. Lembra-te dos momentos bons, das coisas lindas que viveram juntos e acredita as tuas meninas estão a torcer por ti para que em Abril chovam estrelinhas mil e uma delas venha a caminho do teu colinho.
Bjs grandes e um xi apertadinho
De Micas a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:38
Hoje é melhor eu parar de ler os blogs das minhas amigas....as lágrimas querem cair e aqui eu não posso (ou não "convém"!).
A dor da saudade é terrivel e faz-nos sofrer muito. Tenta agarrar-te às coisas simples que te fazem ainda feliz e viver um dia de cada vez. Não olhes para trás...Abril está a chegar e a tua esperança estará renovada! E o dr. precisa de uma Susana cheia de fé e esperança, e a fazer tudinho o que ele disser.

E desabafa por aqui ou por ali....é o melhor!
Muitos beijinhos,
Micas
De sandra peixeiro a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:40
Oh minha linda amiga, é normal que te sintas assim, porque queremos ser fortes, e nãoq ueremos que os outros vejam a nossa trsiteza. Miga é normal chorares, perdes-te as tuas meninas, as tuas filhotas, mas deus vai-rte dar de novo essa alegria de crescer de novo dentro de ti os teu(s) esperado filhonhos. Muitos beijinhos quida, e abril vai vir rapidinho
Sandra Peixeiro
De Perlimpimpona a 27 de Fevereiro de 2007 às 11:43
Oi miga! Deve ser só uma pequena fase pois estes problemas não se esquecem de um dia para o outro. Muita força e muita sorte para o próximo ttt. jokitas
De Golfinho a 27 de Fevereiro de 2007 às 12:29
Minha querida, adorava que as minhas palavras pudessem atenuar essa dor atroz que te consome... Acredito que é uma dor para sempre, apenas se aprende a viver com ela, uns dias melhor, outros pior. Recebe o meu abraço apertadinho, repleto de carinho. Gostava de estar perto para te poder ajudar de alguma maneira... Sei que a vida de te vai voltar a sorrir, muito! Um beijinho muito grande
De Tânia a 27 de Fevereiro de 2007 às 13:28
Susana,
só uma grande mulher como tu encontra coragem para continuar.
Acredita que brevemente vais ser compensada (se bem que eu já te estou a imaginar a pensar - nada compensará o que eu passei).
Só te posso desejar muita sorte nesta nova fase e estou a torcer por ti.
Beijinhos

tânia

http://o-sonho-adiado.blogspot.com
De Lidia a 27 de Fevereiro de 2007 às 14:16
Olá Susana,

minha amiga, como eu choro qd leio as tuas frases, nem preciso que as acabar de ler porque sei perfeitamente como elas acabam, sei perfeitamente como elas te saiem do coração, sei muito bem o que sentes, porque essas são tambem as minhas frases, são iguais ás minhas dores, como tu bem sabes.
Gostava de te poder ajudar mais, mas nada do que te diga te acalmará, nada .
Sabemos bem que nada substituirá os nossos bebés e que as saudades não podem nunca abrandar, mas sim aumentar cada dia que passa, mais e mais.
Basta olhares para mim para saber que não irá passar, porque apesar que ter perdido os meus meninos uns meses antes de ti, as tuas palavras são as minhas tanto hoje qt o eram á uns meses atrás.
Sabemos que a vida é injusta, mas esperamos ser recompensadas e o pensamento tem que ser esse, prepararmo-nos para a recompensa, fazer tudo para estarmos o melhor possivel para a receber.

Beijocas
Li
De Mariazinha a 27 de Fevereiro de 2007 às 14:29
Querida Susana

è com as lágrimas nos olhos que escrevo este post.

e como te admiro por conseguires o que vai dentro do teu peito, como sabes tb sofro mto por ter perdido os meus bebes, e sei que esta dor enorme que sentimos nunca vai passar mas sim adormecer um pouco dentro do nosso coração.
na sexta feira passada tb me passei da cabeça fui ao meu blog escrever um post mas não consegui escrever nada de jeito, pois a dor era mta e revolta ainda maior, neste momento é mto complicado para mim no emprego lido diariamente com 8 grávidas e uma delas esta com o mesmo tempo que eu estaria se não tivesse perdido o meu bebe novamente.
Mas apesar deste sofrimento todo acho que o nosso dia vai chegar e VAMOS CONSEGUIR REALIXAR O NOSSO SONHO QUE É SERMOS MÃES E PAIS.

Um abraço do tamanho do mundo e um grande beijo cheio de carinho

Mariazinha
De ligiabentomorgado a 1 de Março de 2007 às 01:36
Olá Susana é a 1ª vez k visito o teu blog e a tua história tocou no meu coração, como é possivel ter aconteçido uma coisas dessas, que sofrimento meu deus ñ tenho palavras para descrever o k deve ter sido para ti.

Visita-nos vem conheçer a minha filhota.

jinhos fofinhos LB

Comentar post

Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links