.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Decisão difícil

Se hà uns anos atràs o que eu queria era ter embriões suficientes para poder transferir 2 ou 3 para o meu útero dando assim mais hipóteses de pelo menos conseguir gerar um, agora tudo é bem diferente.

 

Lembro-me de nos primeiros tratamentos que fiz, chegar a trasferir para o meu útero 4 embriões de uma vez, correndo todos os riscos de poderem ficarem todos, mas tanto nós como os médicos o que pretendiamos era que ficasse só um, ainda assim e devido ao nº de tratamentos falhados, achamos que deviamos arriscar, mas nem assim conseguimos um que quisesse fazer parte da minha barriga.

 

No meu 13º tratamento, transferi dois bons embriões, e quando todos menos esperavamos engravidei dos dois.

 

Só que agora o peso da responsabilidade é muito diferente.

Conheço todos os riscos de uma gravidez gemelar. Conheço o meu corpo e sei que posso não aguentar uma gravidez gemelar mais do que metade da gestação sem ficar de repouso absoluto e muito provavelmente internada.

 

Quando iniciamos este tratamento o Dr. Sérgio deixou nas nossas mãos a decisão de se eventualmente tivermos 2 embriões, transferirmos só um e congelarmos o outro para um futuro tratamento, ou então transferirmos os dois, claro que tanto ele como nós quando transferimos os dois é na prespectiva de aumentar as hipoteses de ficar um.

 

À medida que o dia se vai aproximando, esta questão vai-me consumindo e não consigo decidir.

Sinto-me assustada, por pensar que posso ficar grávida de gemeos, mas por outro lado penso que 2 embriões transferidos aumentam as probabilidades de uma gravidez só de um bebé.

 

Sei que esta é uma decisão só nossa, mas é tão dificil...penso que só na hora, mediante a qualidade dos embriões decida o que fazer. Até lá esta cabeça não para...

 

Bjs e boa semana

Susana Pina 

publicado por sonhoterumfilho às 22:07
link do post | comentar | favorito
54 comentários:
De Carla a 17 de Fevereiro de 2009 às 22:18
pois... em 1.º lugar quero dar-te os parabens atrasados pelos vossos 24 anos de namoro! ÉS uma guerreira muito especial e a tua força e determinação tem iluminado muitos caminhos. O meu não foi excepção ;)
agora em relação às decisões que tens a tomar, compreendo... é uma decisão dificil, mas que garantidamente terá sua resposta.
beijinho grande desta tua amiga que anda super exausta
bj grande
Carla
De zeza a 17 de Fevereiro de 2009 às 23:06
Ai amiga.. que decisão dificil.. não sei que te dizer.. mas penso que o teu instinto te dirá..só tu terás essa resposta e possivelmente na hora..bjo docinho
De Anónimo a 17 de Fevereiro de 2009 às 23:25
Deixa tudo nas mãos de Deus linda. Eu passei por uma doença tão má e amédica nem me aconselhava a engravidar, fiquei com os dois embriões e tive uma gravidez santa e um parto ainda mais santo. E agora tenho cá em casa uns bébés que são a minha alegria de viver.
Coragem e força, muita fé que Deus dar-te-á o descernimento para o momento decidires.
Jocas
CARLUXA
De susanam a 17 de Fevereiro de 2009 às 23:41
Olá Susana

Compreendo muito bem o teu dilema. Connosco aconteceu algo semelhante (embora não tivesse nenhuma experiência passada). Sabendo que o risco de uma gravidez gemelar é muito maior, tinha muito medo. No dia da transferência tínhamos 2 embriões (2ºdia) e a decisão não estava tomada (ligaram 1 hora antes a dizer que tinhamos de ir para a clínica para a transferência). E olha decidimos na hora transferir os dois, já vestidinha para ir para a sala de procedimentos...colocamos tudo nas mãos de Deus. Resultado..apenas 1 vingou.
A decisão é difícil, mas pensa com qual das situações lidarás melhor: se uma gravidez de risco ou um resultado negativo com hipótese de um congeladinho para futura TEC?
Fizemos um "exercicio" semelhante aquando da fertilização dos ovócitos e fiquei muito mais tranquila.

Um beijinho e tudo há-de correr bem

P.S. Não sei porquê mas quando entro no teu blog, o bebé que tens no cimo faz-me lembrar o Dr. Sérgio (acho que é parecido) (pode ser um bom presságio)
De aLESSANDRA a 17 de Fevereiro de 2009 às 23:51
Tenta relaxar, sair, ir ao cinema, ver coisas novas, e não pensar tanto no assunto...até pq às vezes pensamos, pensamos, tomamos uma decisão e na hora H...mudamos, ali em cima do acontecimento!
Pensa só k qlqr k seja, vai ser o k Deus quiser...até lá, tenta não te martirizares, vai ouvindo o k estas meninas têm para dizer, e logo ves...

Bjkas grandes!
E parabéns pelo vosso amor, sem dúvida é algo mtº bonito e mt forte! E estão quase a fazer bodas de prata...Parabéns aos dois por, cada vez mais neste tempo, saberem cultivar o vosso amor.

P.S. Se tiveres mº indecisa, na hora podes sempre atirar moeda ao ar...é um método k já me tem "escolhido" mtas coisas, qd n sei mesmo o k fazer...e as sortes k me calharam n têm sido más de todo!! :)

Bjokas, e vai com calma, um dia de cada vez, já sabes...fico a torcer! Bjokas grandonas, Alessandra
De Dalila - Brasil a 18 de Fevereiro de 2009 às 00:47
Menina, fiz apenas 2 tratamentos, e nos dois transferi 4 embriôes. Nenhum vingou. Nestes dois tratamentos, eu sempre pensei que gostaria de ter congelado algum embrião para que eu tivesse como repetir o tratamento caso aquele não desse certo, mas sem ter que passar pelo processo de hiper-estimulação e aspiração (que para mim foi bem ruim).

Sabe, eu acho que se você colocasse só um agora e depois colocasse o outro, as chances de dar certo seriam as mesmas, ou seja, o que eu acho é que, se o primeiro embrião for vingar, ele já irá vingar, estando ele junto com o outro ou não, e o mesmo para o segundo. Então, talvez se vc colocasse os dois separadamente as chances não iriam diminuir (eu acho), mas apenas serviriam para evitar o risco de gêmeos caso os dois embriões sigam na gravidez...

Lógico que é só o que eu acho, sei lá, talvez fosse o que eu faria...

De qualquer forma, estarei torcendo muito para que essa transferência dê muito certo e que seu bebê esteja em seus braços no Natal de 2009!

mil beijos, boa sorte e que Deus ilumine a sua decisão!
De Leonor a 18 de Fevereiro de 2009 às 07:44
Susanita, desta vez vou comentar seguindo um simples raciocício meu, pk nao tenho conhecimento de causa de tratamentos para gravidez (vai começar a minha Paulita agora , como sabes). Repara , isto é só um raciocínio duma leiga, mas segundo dizes ..........Quando iniciamos este tratamento o Dr. Sérgio deixou nas nossas mãos a decisão de se eventualmente tivermos 2 embriões, transferirmos só um e congelarmos o outro para um futuro tratamento, ou então transferirmos os dois, claro que tanto ele como nós quando transferimos os dois é na prespectiva de aumentar as hipoteses de ficar um.
Seguindo esta prespectiva, e ficando tudo nas tuas mãos para decidir, acho k diria sempre a kualker das minhas filhas, k a ultima decisao seria delas, SEMPRE , no entanto, a minha opiniao seria usar 1 agora e congelar outro, pk se vingar só um, kem sabe sera o 1º, senao ...........será o 2º. kerida, isto é uma simples opinião duma leiga, mas k segue ultimamente a tua historia e k acompanha INCONDICIONALMENTE o processo das 2 filhas k tu tb acompanhas.
Beijos e K Deus te ajude a decidir o melhor

De lena a 18 de Fevereiro de 2009 às 08:51
Minha querida,
È sem duvida uma dificil decisao.....algo que deve ser discutido entre vós e o médico!!!

Ouve aquilo que o teu intimo diz....ouve o teu coraçao mas ouve a voz da tua cabecinha!!!
TEnho a certeza que irás tomar a decisão mais certa....!!
Estarei aqui para o que for preciso!!
Mil beijinhuissssssssssssssssss
De inca a 18 de Fevereiro de 2009 às 09:23
pois susana, eu também pensei muito, mas quando chegou a a latura eu só tinha 2, com 2 dias, que não sei se iriam dar para congelar e o médico quem perguntou muito transferiu os dois, e um cá está.por isso amiga compreendo a tua preocupação mas no dia logo pensas nisso.um beijinho enorme
De Cindy a 18 de Fevereiro de 2009 às 09:33
Lembra-te que esta é A oportunidade. É, realmente, uma decisão difícil e sinceramente eu também não saberia o que fazer... tenta os 2 e se fôr necessário ficares de repouso absoluto, é por uma boa causa, que é a TUA causa!
Um beijo bom de força e de esperança!

Comentar post

Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links