.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

Existem alturas do ano...

Ainda não chegamos ao Natal e já estou a sentir como vai ser difícil ultrapassar esta quadra.

 

A ausência do meu pai, do meu sogro, das minhas filhas...

 

Na ceia de Natal restam apenas 4 pessoas: as nossas mães e nós uma vez que não temos irmãos, cunhados, sobrinhos...

 

Tenho que me encher de força para fazer a árvore de Natal que todos os anos é feita no 1º fim de semana de Dezembro, mas vai-me custar tanto, tanto...lembrar-me que debaixo daquela árvore poderiam estar os presentes das minhas filhas que estariam a complectar dois aninhos...é inevitável não me sentir pior nesta altura do ano.

 

Quantos mais Natais teremos que passar com a ausência de um filho? A pergunta persiste. E não me venham dizer que o Natal sem crianças tem o mesmo significado.

 

Bjs

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 22:41
link do post | comentar | favorito
45 comentários:
De LP a 26 de Novembro de 2008 às 23:21
Sabe,ao ver este seu post,bateu-me um sentimento de repente e pensei,de facto o Natal não é o mesmo sem crianças.
Fiquei agora a pensar as vezes que ralho com a minha filhota por estar cansada,e as vezes que não tenho paciência para ter o meu pequenito ao colo por já não aguentar dos meus braços,e afinal...quem me tira estas duas criaturas tira-me a vida por completo.
Queixo-me á toa,e dou graças a Deus por tê-las.
Sei que não me conhece , tenho vindo sempre ler aqui o seu blog,na esperança de ter boas notícias da vossa parte.
E acredite.....como já disse a várias amigas minhas blogueiras.....que tiveram a mesma luta que a Sra.,que um dia a estrela vai brilhar para si....O Sr. lá de cima não se esqueceu...acredite...vai começar o ano 2009 com uma estrelinha a brilhar.....basta acreditar.
Um beijo de uma digamos fã do blog.....LP e companhia.
De Patricia a 26 de Novembro de 2008 às 23:55
Susana,

leio o teu blog desde os principios. São raras as vezes que comento. Sem nunca saber a dor da infertilidade, acompanho com grande carinho, mas sem saber escolher as melhores palavras de conforto. (tb te vi na Tv :) )
Orgulho-me de quem és e do que tens conseguido superar nestes 18 anos.

Desta vez, tocaste num ponto sensivel: O Natal.

O meu também não é um Natal feliz. por diversos motivos. Também tenho uma família pequena, sem irmãos dos dois lados.
Mas felizmente há 3 anos, o nosso Natal passou a ter outro significado, quando tive o meu primeiro filho. E aí sim, o Natal passou a fazer sentido.

E hoje escrevo-te para te dizer que te compreendo ao máximo. As crianças têm o dom de fazerem milagres e no Natal estão sempre presentes. Sim, tens toda a razao em sentires isso e em desejares ainda mais a tua estrela nesta altura.

Que consigas atingir o teu maior sonho, é o que te desejo para esta quadra natalícia. Que consigas um dia, descobrir a magia do Natal. Que um dia a tua estrelinha volte a brilhar, e não seja apenas a estrela da arvore de natal.
Porque tu mereces! Não desistas. Não te vás abaixo.


Um beijo enorme cheio de carinho!
De carole resende a 27 de Novembro de 2008 às 01:46
Ai Amiga tudo o que dizes e tão certo mas se Deus quiser no proximo natal estas aqui a escrever que finalmente vais ter o Natal que mereçes com um filho nos braços ( ou mais ) .
Fiquei muito triste por ver que continua a campanha da ignorançia contra a infertelidade mas ja sabes que tens Amigas verdadeiras que tem o teu exemplo para não desistirem e eu fui uma delas encontrei muita força no teu blog e me fez reagir por isso não ligues a essa gente inculta e egoista

Ja sabes que te adoro obrigado por seres minha Amiga .
Xau mil beijinhos para ti de nos os 3
De Cindy a 27 de Novembro de 2008 às 09:17
Oh querida, queria dar-te uma palavrinha para te animar, mas por momentos coloquei-me no teu lugar e tb fiquei com o coração apertadinho... tb sou filha única assim como o meu marido, mas a diferença é que, felizmente, ainda estão todos vivos e tenho o meu filhote... se assim não fosse, ou quando alguém faltar, vai ser diferente, com toda a certeza...

Sei que o Natal é para a família, mas não tens um casal de amigos chegados, que tb tenham pouca família a quem possas fazer o convite para passar aí a noite de Natal?? seria uma idéia...

Um beijo grande de força, porque os que faltam, faltam só fisicamente, porque estão no coração e vão estar para sempre!!
De Vina a 27 de Novembro de 2008 às 09:50
Como te compreendo, amiga! Ainda hoje recordo com imensa tristeza a prendinha que tinha na minha árvore de Natal para a minha filha Irina (que perdi na gravidez anterior á da minha Lara que, graças a Deus , já tem hoje 4 aninhos !) que estava previsto nascer em Março e acabei por perder em finais de Janeiro! É perfeitamente normal que te sintas mais fragilizada nesta altura, mas espero sinceramente que passes esta época o melhor possível, com esperança renascida para que o novo ano vos traga aquilo que mais desejam! Nunca desistam do vosso sonho e nem se deixem abalar pelos comentários menos próprios qua certas pessoas sem sentimentos possam exprimir! Beijinhos!
De a 27 de Novembro de 2008 às 09:58
Olá Susana. De facto o Natal é uma época especial. Eu, sinceramente, não ligo muito ao natal da actualidade. Mas tenho uma familia enorme e com os meus tesouros, participo e aceito que outros tenham uma visão diferente da minha. Tenta aliviar um pouco a pressão da época e vais ver que será menos dificil.
Beijinhos e que o próximo ano vos traga a benção que querem e merecem.
De Mara a 27 de Novembro de 2008 às 10:23
Tens toda a razão. Fica a sensação de uma casa vazia, sem alegria... Não sei responder à tua pergunta de mais qantos Natais irão passar sem filhos mas tenho esperança que seja o ultimo.

Beijo
De stardust a 27 de Novembro de 2008 às 10:44
O Natal é de facto deles e para eles, mas tmb é uma época de paz e de fé, porque só celebra o Natal que tem fé e acredita que aquele que nasceu naquele dia celebrado foi de facto o filho de Deus.

Portanto, amiga, encara mais este Natal com fé e tranquilidade, porque o próximo poderá já ser com um novo membro na familia.

Beijocas
De Rita a 27 de Novembro de 2008 às 10:45
Susana, só te queria deixar um beijinho.... não te posso dizer que compreendo o que sentes, pois só quem passa por eleas sabe... mas deixo-te aqui um abraço de amizade e muita força para continuares esta tua luta. Para o ano também há Natal, e se Deus quiser há-de ser um cheio de felicidades, com os braços cheios (e não estou a falar de prendas;))
Vais conseguir Susana.
De Anónimo a 27 de Novembro de 2008 às 10:58
Linda, como queria sussurrar-te ao dizer-te quando essa dor ficara mais leve...
como queria saber o porquê de tanta injustiça quando o que tu pedes é apenas o que nos devia ser dado por direito!
Mas não desistas fofinha!
FORÇA, muita muita força
beijos mil
cate
De Drikas a 27 de Novembro de 2008 às 11:04
Susana, sinto o mesmo que tu, sempre adorei o Natal, mas este ano a realidade está diferente e cada vez pesa mais a ausencia de crianças lá em casa... Temos que ser verdadeiras fortalezas para aguentar com um sorriso esta epoca. Força miga, para o ano será diferente

Comentar post

Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links