.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 27 de Abril de 2008

É impossível...

...abstraírmo-nos da infertilidade.

Este sábado dedicámo-lo a nós.

Levantámo-nos cedo, fomos até à praia, percrremos o areal e aproveitamos o calor que se fazia sentir. O mar trazia-me calma, e os momentos a dois uniam dois corações que hà muito andam sofridos.

Chegada a hora do almoço, escolhemos um restaurante um pouco isolado das confusões de um fim de semana prolongado. Um restaurante típico,na Foz do Arelho, que convidava ao romance.

Chegados lá, ainda cedo, poucas pessoas haviam, mas deu para perceber que existiam grávidas e crianças com uns 2, 3 anos a correrem pela sala e a deliciarem-se com um dia fora das creches.

Começamos a almoçar, muito tranquilamente. Começo a aperceber-me que o restaurante se começava a encher.

De repente olho o meu B. a olhar fixamente para uma mesa que estava por trás de mim, e os olhos inundaram-se de lágrimas, fazendo um esforço entre o sobrolho para que estas não caíssem. De imediato olho disfarçadamente para tràs, e...um casal transbordava amor por um filho que teria umas semanas de vida.

Não consegui conter-me e foi inevitável, ali, no meio de tantas pessoas não deixar cair as minhas lágrimas. Olho à minha volta e só vejo crianças.

De facto é impossível, querer abstrair-me de tudo o que me possa fazer sofrer. É impossível tentar não me lembrar por breves momentos que sou infértil. É impossível...impossível...

Chegados à nossa casa de férias, preparámo-nos para um jantarzinho com um casal amigo que tal como nós não tem filhos, mas que preferem manterem-se no silêncio. Foi agradável o nosso jantar, e pelo menos ali, não haviam circunstãncias que nos fizessem lembrar todo o nosso sofrimento.

Aqui ficam umas imagens do nosso dia

                         euzinha

              e a minha preta...desculpa Inca...

          mas a minha Big também é a minha preta...

 

 

Aproveito para dizer que o Professor Mário de Sousa já respondeu ao meu mail e irei lá falar com ele no dia 13 de Junho. Pode ser que mais uma portinha se abra nesse dia.

Bjs com muita amizade

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 13:17
link do post | comentar | favorito
52 comentários:
De sofia a 27 de Abril de 2008 às 16:46
Olá querida Susana, nunca desistas, existe sempre uma janela aberta para vocês e, em breve, brilhará dentro de ti uma estrelinha linda!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana
De Praia1 a 27 de Abril de 2008 às 17:41
Como te compreendo amiga. É inevitavel olharmos ao nosso redor e não vermos crianças... Temos que levantar a cabeça e acreditar que vamos conseguir e VAMOS MESMO.
Pensamento POSITIVOOOOOOOOOOOOOOO

Beijokas grandes amiga.
Praia1
De Mara_Liza a 27 de Abril de 2008 às 17:49
Minha doce amiga...
Fico tão triste por te ver sofrer... Quando te encontrares em situações semelhantes pensa (tenta) que um dia irás ser tu aquela pessoa... Não chores por aquilo que não és porque um dia vais alcançar esse estado de felicidade...
Um dia vais ser tu a demonstrar todo o amor pelo teu bebé... a vida está a por-te à prova inumeras vezes e todas elas crueis mas tu tens de acreditar que vais conseguir!
Tu sabes que se eu pudesse fazer algo mais do que te dar a minha "palavra" amiga fazia!!! Mas não posso querida... :-(

Que essa consulta te traga esperança, que eu daqui envio-te a força para continuares.

Beijinhos doces.
De Sónia a 27 de Abril de 2008 às 19:48
n tenho palavras para certa que te possam dar um pouco de ânimo e um pouco de calor à tua vida, vida esta tão injusta e que teima em negar-te um luz de sol radioso!

só te posso desejar toda a sorte do mundo e que essa consulta te possa abrir não uma porta, mas sim um grande janelão e te traga uma lufada de alegria que bem merces!

um xi grande e mtas beijocas
De Visitante a 27 de Abril de 2008 às 20:38
Olá Susana

Vai em frente.

Sabes que tens o meu voto para que vocês possam ser... TRÊS.

Beijinho para ti e um abraço para o teu B.
Visitante
De HOPE a 27 de Abril de 2008 às 22:30
Gostei de te "conhecer"! è bom associarmos uma cara às palavras, às amizades, aos sentimentos que nos unem.

Passei por momentos desses tantas vezes... e não há nada a fazer, não é? Por mais fortes que sejamos, há dias em que não seguramos as lágrimas.

Um beijo grande, grande.
De blogando-me1 a 27 de Abril de 2008 às 22:51
Já cá passei umas quantas vezes, mas o não saber que te dizer, levou-me a que não deixasse comentário. Mas minha querida, enquanto há vida há esperança. Não desistas nunca de lutar pelo teu sonho. E tu ês linda, de certeza que quando menos esperares vais trazer-nos boas noticias. Força e coragem .
Bjs fofos
De marta casal a 28 de Abril de 2008 às 09:40
Olá amiguita,
Estou a ver que estás em baixo...
A melhor forma de encararmos um problema, é olhá-lo de frente. Só assim esse problema não vai conseguir virar fantasma na nossa vida. Bem sei o quanto é dificil lidar com as situações no dia-a-dia, mas tu és forte e consegues.
Quando vês crianças, tenta pensar que um dia será a tua, que tantas outras pessoas se irão deliciar a olhar, um dia será a vez do vosso filho ser admirado pelos outros.
PS: Acho que vou se seguir o teu conselho das cambalhotas, lol
De Cláudia a 28 de Abril de 2008 às 10:06
Gostei de te ver, mais uma vez.
Um dia vais conseguir e eu vou estar @qui para festejar contigo/convosco.
Bjs Cláudia
De lost a 28 de Abril de 2008 às 10:08
Ai amiga eu entendo-te é tão triste olhar á nossa volta e só ver bebes e grávidas, é terrivel, e tu ainda tens um casal amigo sem filhos, eu nem isso, todos os meus amigos têm filhos, andou tudo grávido ao mesmo tempo imagina a minha dor, é terrivel, eu não sei como aguentar, tenho momentos de tristeza muito intensa.......

Beijocas linda e muita força.

Comentar post

Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links