.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Memórias...

...da minha infância...

...do tempo em que não tinha responsabilidades. Que tinha alguém que pensasse e decidi-se por mim.

...saudades do meu pai presente fisicamente na minha vida.

...saudades da quinta que os meus pais tinham numa aldeia pequena e para a qual iamos todos os fins de semana, onde existiam amigas de brincadeira de jogos de escondidas e apanhadas, de brincadeiras de mães e filhos, de médicos e pacientes.

...saudades da escola primária, onde fiz dos colegas amigos que ainda hoje muitos permanecem.

...saudades das idas com os meus pais a Lisboa, cidade que fica a 45 K Km da localidade onde sempre morei, corriamos Lisboa de lés a lés a pé, para vermos tudo muito bem e fazer-mos umas comprinhas.

...saudades de Natais passados com sapatinhos na chaminé onde eram colocadas as prendinhas e só se abriam na manhã de natal, e eu muito convencida de que o Menino Jesus tinha entrado ali naquela noite.

...saudades de coleccionar cromos e ver as cadernetas completas depois de muitas trocas feitas na escola.

...saudades da banda desenhada da Disney, e de ver o Popeye que mesmo sem perceber a tradução ria à gargalhada.

...saudadaes dos meus 15 anos, de faltar às aulas para ir namorar com o meu B. e a minha mãe pensar que eu estava ali a aprender tudo direitinho mas mesmo assim nunca perdi o "fio à meada".

...saudades de sentir que ia ser muito feliz e que Deus me ia proteger sempre.

São recordações que ficam para sempre na minha memória e as quais me deixam muitas saudades.

De certa forma sinto-me um pouco desiludida com a vida.

Quem me dera poder voltar atràs, e ter poderes para fazer com que hoje fosse tudo tão diferente...

Bjs com amizade

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 14:38
link do post | comentar | favorito
17 comentários:
De Paula a 4 de Janeiro de 2008 às 16:46
Acredita em Deus, não deixes de te apoiar nele. No teu próximo tratamento vais conseguir. Rezarei por ti!
Beijinhos Paula
De Lidia a 4 de Janeiro de 2008 às 17:09
Amiga,

as recordações são boas, todos nós temos recordações dessas, é sinal que tivemos uma boa infancia, que crescemos na altura certa, é sinal de que fomos felizes. Existem muitas pessoas que não podem dizer o mesmo.

Sei o que queres dizer, que hoje sentes que não tens a tua felicidade plena, que não depende de ti e parece até que já nem da medicina depende . . .

Mas amiga temos que viver esta vida com os altos e baixos que ela nos dá, dar valor ao que temos e ter esperança e fé que um dia será diferente, bem diferente.

Muitas beijocas

Lidia
De A Nossa Estrela a 4 de Janeiro de 2008 às 17:54
Amiga, também eu desesperei, como sabes durante alguns anos, não tantos como tu, é certo, mas de qualquer forma acho que desespero é sempre desespero e onde eu acabava por ir ter forças era acreditando em Deus e que ele estaria a olhar por mim e estava a dar-me o melhor daquilo que eu poderia ter. Nunca, mas mesmo nunca, me revoltei até às vezes ficava espantada comigo. Por isso amiga peço que tentes serenar e continues a lutar pelos teus sonhos.
Beijinhos Grandes e ACREDITA
Sandra
P.S.: Desculpa, caso não sejas crente deves achar o meu comentário uma treta......
De zeza a 4 de Janeiro de 2008 às 19:59
minha doce susaninha..as saudades...tb tenho de algumas..principalmente dos meus pais...e de n ter responsabilidades, de pensar k tudo estava bem..de pensar k no mundo tudo era bom e nada me faria sofrer..mas a vida é assim.. de coisas boas e mas..e nos grandes mulheres k somos temos k pegar o "boi pelos cornos" e vencer.. vencer todas as contrariedades da vida..ter a Fé k Deus nos dá..e saber Acreditar..k Ele está junto de nós..sei k te é dificil.. ás vezes para mim tb o é..mas para isto existe a AMIZADE, pessoal ou virtual..existe .. e por isso to aki a dar-te akele miminho k tu estas a precisar.. imagina um abraço bem apertadinho onde tu poderas encostar a cabeçinha e chorar.. para depois sorrires..e eu limparei essas lagrimas k te cairam..mil bjos doce Susana.. e FORÇA ..
De raiodesol a 4 de Janeiro de 2008 às 20:21
compreendo aquilo que dizes, mas sei, que um dia vais sentir a felicidade plena que mereces, minha querida, e vais conseguir olhar a vida de uma outra forma...

beijos cheios de esperança
De marta a 4 de Janeiro de 2008 às 23:06
E como era bom podermos eliminar tudo de mau que a vida nos reservou...
Mas...infelizmente não temos esse dom.
No entanto, recordar é viver e sem dúvida que muita coisa nos marcou pela vida fora.
A vida não tem sido fácil, mas minha querida, 2008 já chegou e com ele a esperança renovou-se e acredito muito nos "poderes" deste ano. Toca a arrebitar!
bjs
De era1xeu a 6 de Janeiro de 2008 às 22:32
Infelizmente não temos esse condão de poder voltar atrás no tempo, mas se queres que te diga, acho que se voltassemos atrás acabavamos por fazer quase tudo na mesma. Mas sem duvidas que algumas coisas iriamos tentar mudar, para tentarmos endireitar algumas coisas que consideramos que poderiamos ter feito de melhor maneira. Mas amiga, acredita que não há nada a fazer, podemos apenas recordar com saudade algumas situações mas tentemos apenas pensar nas boas recordações da vida, nos momentos que nos fizeram sorrir, que nos fizeram sentir bem, que fizeram o sol brilhar mais e o céu mais azul. Não é fácil, eu sei, mas para a frente é que é o caminho é é assim que eu tento viver a minha vida. Dias menos bons vem mas tb vão e vamos acreditar, vamos acreditar mesmo muito que dias melhores virão. Eu acredito e mais do que numa força superior, acredito em TI!

Um beijo do tamanho do mundo e arredores

Maria Pereira
De Golfinho a 6 de Janeiro de 2008 às 23:31
Querida amiguinha, também gostava de ter poderes para que não te sentisses assim... Um beijinho muito, muito grande....
De inca a 7 de Janeiro de 2008 às 09:41
tb tenho saudades do tempo em que achava que querer era poder e que a vida ia ser menos sofrida, mas enfim, suspiros! Não tenho falado de mim, porque não tenho novidades, e vou fazer 37 anos no próximo mês, e a esperança está cada vez mais pequenina, vamos ver se tenho novidades de evolução rapidamente. A adopção está posta de parte, são muitos anos de espera a juntar aos 8 de infertilidade.
beijinhos grandes amiga.
De Anna72 a 7 de Janeiro de 2008 às 11:08
Susana,

Como já tive oportunidade de te dizer, tenho seguido o teu percurso, embora sem comentar, e sei que não tem sido nada fácil. És uma mulher cheia de força e sempre disponível para apoiar os outros. Esse tipo de altruísmo só se encontra nas pessoas especiais.

Pode parecer um lugar-comum mas é verdade, a vida é feita de momentos bons e momentos maus. Mas eu acredito piamente que ela ainda te (nos) reserva momentos muito felizes.

Beijocas carregadas de força e obrigada pelo apoio!

Comentar post

Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links