.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

Até sempre

Ana Cristina Baptista.

 

Amiga, companheira de luta, de foruns, associada da APF, autora de muitas mensagens de apoio e carinho a todos os que lutam por um filho. Faleceu aos 30 anos de idade quando lutava hà muito pelo seu sonho, sonho que ficou por realizar.

Um grande bj até ao céu. Até sempre Ana Cristina.

 

Susana Pina

 

publicado por sonhoterumfilho às 11:15
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito

À espera...

...é como estou neste momento.

Para a semana avizinham-se consultas e com elas algumas decisões.

Fez-me bem estes mêses que me separaram do último tratamento em que me encontrei parada, sem a ansiedade das consultas, dos exames, das esperas dos resultados.

Tentei aproveitar o Verão, só para nós os dois. Precisavamos colocar a infertilidade em "stad-by", e pensar em dedicarmo-nos a outras coisas.

Agora é tempo de voltar, até porque a minha idade assim o exige, não nos podemos dar ao luxo de estarmos muito tempo parados. Na próxima semana terei novidades, espero que boas.

A carta do Prof. Mário já vem a caminho via CTT para me fazer acompanhar na consulta do H. S. João, vamos ver o que me dizem em mais um centro público onde me vou iniciar, depois vem mais uma consulta ao privado (IVI), e aí sim, acho que iremos decidir o que vamos fazer em relação ao nosso futuro.

Neste momento a ansiedade começa a apertar.

 

Aqui fica um pouco do fds da minha preta...para ela não existe ansiedade, só brincadeira e muito descanso...

 

                            Adoro uma cambalhota

              O wc dos meus amigos

              porque eu nem lá entro

             Vejam lá se me encontram...

 

Bjs e boa semana

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 11:15
link do post | comentar | ver comentários (37) | favorito
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

INFERTILIDADE É:

 

 

 

Uma imagem vale mais do que mil palavras...

A emoção é muita ao ver este vídeo, e confesso que já o vi tantas, mas tantas vezes...

 

Bjs

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 22:17
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

Muitos

 Aniversário: 1

Ao amor da minha vida; o meu B.

Que este teu aniversário te traga tudo o que mais desejas.

Desejo que passes um dia muito, muito feliz, junto da tua mulher que te adora e que tudo fará para seres feliz.

 

A nossa canita também está de parabéns...

 

...como não sabiamos a data do seu nascimento quando a fomos registar, e pelos cálculos quando foi entregue teria 6 mêses, é óbvio que o dono fez as continhas e lá deu a data do seu aniversário...Hoje é dia de festa também para ela e claro com direito a uma sobremesazita...

Um grande bj ao meu querido marido.

 

Quero aqui dar os Parabéns aos meus amigos Paulananet e Carlos, pela noticia maravilhosa que hoje tiveram e que partilharam comigo. O telefone tocou ao fim de um longo ano com a noticia mais linda que uns pais podiam ouvir. Desejo-vos as maiores felicidades.

 

Vossa

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 09:02
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
Domingo, 21 de Setembro de 2008

Dor

Corações: 7

 

Hoje, mais uma vez levantei a cabeça e olhei o céu, iluminado por 2 estrelinhas lindas que vi voar neste mesmo dia, hà 2 anos atràs, e essas mesmas estrelas dizem-me para ter força, para não desistir, e para resistir a tudo e a todos.

Mas o vazio neste momento é mais do que muito, a impotência e as saudades assolam-me sem ter dó nem piedade.

Ao fim de 2 anos não existe cicatriz. A ferida continua aberta aqui cravada no meu peito e que teima em não sarar.

 

Bjs

Susana Pina

 

 

publicado por sonhoterumfilho às 22:02
link do post | comentar | ver comentários (47) | favorito
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

Semana difícil

Anjos: 1

Hà dois anos atràs vivia a pior semana da minha vida.

Sinto-me a reviver cada momento, cada hora, cada minuto.

As datas são algo muito difícil de conseguir ultrapassar.

Estou triste, apetece-me chorar. Quero recordar os momentos bons, mas só me passam os piores momentos pela minha memória.

Tenho saudades...saudades...saudades...das minhas filhas, que vi serem arrancadas de dentro de mim, sem que essa fosse a minha vontade. Tenho saudades de as sentir, da minha barriga, de imagina-las a crescerem felizes junto de mim...

Estou num esforço enorme para mostrar a todos que estou bem, afinal ninguém tem que levar com a minha tristeza.

 

Bjs

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 13:38
link do post | comentar | ver comentários (71) | favorito
Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

Testemunho real de um processo de Adopção

Quero deixar aqui um testemunho real de um processo de adopção, o qual preciso acreditar que seja uma excepção, mas que me marcou profundamente. Espero que sirva para alertar as pessoas para não caírem nestas tentações.  

 

De Helena Bettencourt

 

Certo dia em conversa de casal, conjuntamente com o meu marido decidimos partir para esse processo chamado de Adopção, inscrição feita, reuniões, e passamos a Candidatos com todas as condições excelentes reunidas para adoptar uma criança.

Muita gente nem sonha como é passado um processo só para a candidatura de uma adopção, daí ser fácil falarem, o “porque não adoptam a criança”.
O que nós candidatos ficamos sujeitos nas mãos da Segurança Social (Psicólogos, etc .).

Fiz candidatura, para uma bebé até dois anos, a contar já que poderia vir um pouco mais velha, raça branca e saudável. Cada candidato deve pensar bem na sua opção antes de se meter nesta longa caminhada que implica 1 ser humano, e devem estar preparados psicologicamente para a luta que iram entrar.

Mas como em tudo as Lutas por vezes são desleais, e no nosso Pais,
ainda muita coisa funciona mal, a começar nos serviços da Segurança Social,
terminado com o Aval, da decisão do Dr. Juiz a dar o despacho final.

Passo a citar 1 caso que se passou comigo para desta forma quem tenha duvidas,
saberem o que se sujeita 1 casal adoptante.

Papelada, reuniões, e passa à fase 2 … Candidatos em espera.
Reunião, visita domiciliaria etc etc ., passado 2 dias da chamada candidatura.
Telefonema para casa, uma Psicóloga a pedir para comparecermos nas instalações, que tinha óptimas notícias para nós, comparecemos de imediato, e julgamos que era 1 sonho, que não era possível num espaço de menos de 15dias sermos chamados para vermos uma criança… e para nosso grande espanto…
era uma Criança que tinham para nós.
Pediram para irmos fazer e ver essa dita criança, reservando uma surpresa.

Uma casa-abrigo, bem perto da zona nossa residência e lá estava ela, uma menina mas com 1 facto omitido, a sua etnia era de raça negra e já com 8 anos, para ficarmos mais abismados, era imposta mais uma condição, a bela menina, teria de ser adoptada em conjunto com 1irmão de 9 anos…

Contra tudo o que tínhamos feito no pedido, foi imposto não uma criança mas sim duas, contra o que foi feito no pedido…. Nós queríamos uma menina da raça Branca como nós, e de imediato… recusamos…por razões sociais e familiares. Não esteve nunca prevista criança de outra etnia que não a nossa.
Eis quando começa o processo a mudar de andamento…
Fomos “apertados”, de variadíssimas formas, mais do que a lei diz, começamos a ter reuniões excessivas com Psicólogas e Assistentes. E começamos a estranhar as conversas, referiam-se muito por termos uma vida “boa” com uma casa enorme.
(Vou saltar aqui um pouco para não me alongar mais do que já está.)

Conversas atrás de conversas, e eis que chega a uma reunião, e no meio de uma conversa, foi feito 1 convite por parte de uma Psicóloga, se não queríamos ir tomar 1 café com ela, depois da hora do expediente… O meu Marido não hesitou,
aceitou irmos tomar esse famoso café, para ver o que essa Psicóloga nos queria.

Meus Amigos, foi o pior dia da minha vida… foi feita uma proposta por essa dita psicóloga, para podermos passar à frente de todos e levar uma semana a concluir o pedido de adopção… foi-nos pedido para começar 1 montante de 2.500Euros .

Dissemos que íamos pensar, mas outra surpresa aguardava, e desta vez, a surpresa era nossa, fomos a outra reunião agendada, ver a conversa que surgia lá dentro das instalações, e a conversa continua sem sentido algum. Uma assistente Social, de uma forma arrogante, pergunta se tudo estava a correr bem, se tínhamos duvidas, … ao Qual eu respondi… Minha Cara, nós estamos aqui não para escolher uma pacote de leite, nem qual a marca melhor, mas está em jogo uma Criança, e como tal deve ser tratada com o enorme respeito que todas merecem.
Se aqui estamos, prontos a adoptar a criança, mas temos a plena consciência que também estamos a fazer um bem à sociedade retirar uma criança de 1 abrigo, para dar o maior Amor, conforto e futuro, tal qual fosse biológica, sem distinção alguma.
Surge mais 1 convite, feito novamente por a parte da Dita Psicóloga, Coffe Time .
Lá fomos e voltamos a ouvir a mesma história do Dinheiro.
Viemos para casa, e decidimos então não continuar o processo, e paramos.
Paramos porquê?.. Muito Fácil… Paramos porque fizemos o que qualquer pessoas deveria fazer.. Pensar e meter mãos à Obra… a “Obra” feita, foi o seguinte passo:

A Senhora Psicóloga (que nem Doutora era) teve azar, meteu-se com as pessoas erradas
E todas as conversas que tivemos dentro e fora com essa mesma… Foram gravadas!

E fomos contactados passada uma semana a perguntarem porque tínhamos faltado a uma reunião…. Pedi que queria continuar a reunião mas com a Directora geral da área de Residência…a Sra. Psicóloga notou que algo estava mal, e mete baixa, fica incontactável pelos serviços.

O típico Português fica sempre quieto, só reclamam por causa dos Jogos de Bola
mas nós não ficamos… Fiz tudo o que deveria… denunciei o a proposta vergonhosa.

A Directora Geral, ficou incrédula ao ouvir, consegue entrar em contacto com a Dita Psicóloga, e ela desmente tudo… e pede para o Casal ser submetido a 1 teste psiquiátrico para sermos avaliados, que não estávamos no nosso juízo perfeito.

Aos leitores que lerem isto… Mandei arquivar o meu Processo, e a luta seguinte foi por todos os candidatos que tão em lista de espera não serem submetidos a passagens idênticas a estas… Não parece real, não queria acreditar que isto era verdade e que acontecesse…. Final da Historia…. Lutei com garras e dentes, coloquei em campo conhecimentos e amigos, e a Senhora Psicóloga…. Foi destituída do Cargo, foi-lhe retirada a carteira profissional, não podendo voltar mais na vida dela e exercer a carreira

hoje esta a lavar escadas, merecia menos que isto …

Esta é uma Triste Realidade do Pais que vivemos
Esta é a Realidade de um casal que 1 dia tentou fazer 1 bem à Sociedade.

 

Helena, tem toda a minha admiração, e em meu nome pessoal lhe agradeço. É de louvar tudo o que fez. Obrigada por ter partilhado.

 

Bjs

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 15:20
link do post | comentar | ver comentários (35) | favorito
Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008

Adopção

Confesso que começa a cansar ouvir sempre a mesma coisa:

...- Porque é que não pensa na adopção?

...- Já pensou no nº de crianças que estão em Instituições à espera do seu Amor?

...- Já pensou que existe uma criança algures à sua espera e está aí a gastar dinheiro sem ver resultados?

...- E porque não pensa numa criança mais velha, e de outras etnias, e com problemas? É mais rápido...

 

Por favor, mais uma vez, se não leram todo o blog, volto a explicar:

 

1º - Estamos inscritos como casal adoptante desde Fevereiro de 2004.

2º - Se existe alguma criança algures à nossa espera, a Segurança Social ainda não a encontrou para a fazer chegar até nós.

3º - Se existem muitas crianças institucionalizadas, a maior parte delas não estão e nunca irão estar em situação de adoptabilidade, a maior parte destas crianças aguardam que os pais se restabeleçam de diversas situações para os poderem ir buscar. Outras aguardam serem reclamadas nem que seja uma vez por ano por um membro da família.

4º - A adopção sempre fez parte dos nossos planos, mesmo podendo vir a ter um filho biológico. Sempre quisemos ter 2 filhos, um biológico e outro adoptado. Fiquei grávida de gémeas e já estava inscrita para adopção de uma criança, e mesmo sabendo que poderia ficar com as duas filhas que gerava, nunca desisti do meu processo para um filho do coração.

5º Porque não estamos preparados para ter uma criança mais velha, queremos uma criança até 3 anos, da nossa raça e sem problemas, será que é pedir muito? Não é isso que desejamos se tivermos um filho biológico?

 

Por favor! Como é que me podem dizer se já pensei em adopção????????

 

Se as listas de espera para ter um filho biológico atravéz de tratamento podem ir até 3 anos, para ter um filho adoptado as listas rondam os 6 a 7 anos, para além da exposição a nivel pessoal a que estamos sujeitos neste processo que nada tem de fácil. 

 

Tive recentemente a confirmação que tenho que aguardar mais 2 a 3 anos em lista de espera.

Adoptar uma criança não é como ir ali ao supermercado, escolher, e trazer para casa.

 

Não concordo que todas as crianças que estão em situação de serem adoptadas estejam reservadas só e unicamente para os casais inférteis. Todos nós temos o dever de adoptar. Mais uma vez digo que a adopção não é exclusividade dos casais inférteis, e existem muitos casais inférteis que nem lhes passa pela cabeça adoptar. Adopção não é uma alternativa.

 

Não se fala do que não se sabe...eu também não sabia quando me candidatei a este processo também tão doloroso.

 

Quero dizer que senti uma gratidão enorme ao ver aqui passar tantos comentários que me sensibilizaram muito. O meu mais sincero AGRADECIMENTO.

 

Bjs

Susana Pina 

publicado por sonhoterumfilho às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (87) | favorito
Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008

Mais do mesmo

É com muita tristeza que sinto que algumas pessoas que não passam por esta doença nos achem um "bando" de egoístas, obcecados e anormais.

 

Como é que se podem fazer este tipo de acusações a uma pessoa que só deseja ter um filho, um acto que provém da natureza e que é fruto da união de duas pessoas que se amam?

 

Não acham que se não fizermos nada para termos um filho e assumirmos a nossa condição de estéril, estamos a contribuir ainda mais para a baixa taxa de natalidade no nosso País? E daqui a uns anos? Quem nos vai pagar a reforma?

 

E porque é que os abortos são gratuitos no nosso País? Eu não tenho nada contra uma mulher que decide fazer um aborto porque não tem condições para ter aquela criança, o que tenho contra é que para um aborto não existem listas de espera, não é preciso recorrer a uma clinica privada para o fazer, porque o fazem em qualquer hospital, e nós? Nós temos que aguardar anos nas listas de espera ou então vamos ao privado e temos que pagar quantias que para muitos é complectamente impensável.

 

Os toxicodependentes, (que são doentes, ninguém duvida), não são obcecados pela droga? E porque é que eles têm metadona, seringas gratuitas e subsídios (pagas por nós, contribuintes), e nós temos que pagar tudo do nosso bolso? Cheguei a estar lado a lado com um toxicodependente numa farmácia, e ver ele levar umas quantas seringas de "borla" e eu ali ao um passo de distância tive que as pagar por necessitar para um tratamento. Não acham revoltante?

 

Porque é que se dá subsídios a quem tem mais filhos, contribuindo assim para uma maior miséria no nosso País? Normalmente estas pessoas têm filhos só por causa do dinheiro que vão receber, e nem sequer têm condições para os educar e dar-lhes um futuro melhor. Eu conheço alguns casos desses. Todos os dias estão à porta da Assistente Social a requerer tudo e mais alguma coisa.

 

Como aqui tão bem foi dito hà umas semanas atràs: se uma pessoa está a cegar e precisa de uma cirurgia para ficar a ver, o que faz? Limita-se a comprar uma bengala, ou investe tudo numa cirurgia?

 

Por favor, se vos "aflije" a nossa dor, se acham que deviamo-nos conformar com a nossa condição de estéril e se somos obcecados (como aqui foi escrito por alguém), então afastem-se de nós. Não é dessas pessoas que precisamos para nos ajudarem a resolver e superar o nosso problema.

 

Não me obriguem a colocar mederação nos comentários. Não o quero fazer, mas começa a ser incomodativo, não por mim, porque estou habituada a ouvir de tudo e estou de certa forma "calejada", mas pelas pessoas que tal como eu sofrem desta doença e que diáriamente passam por aqui.

 

Criei este blog não só para desabafar o meu problema, mas também para divulgar e ajudar quem passa pela Infertilidade. Respeitem a nossa causa.

 

"Quando a dor de desistir é maior do que a dor de tentar..." eu vou CONTINUAR A TENTAR, porque neste momento a dor de desisitir é muito maior.

As crianças de hoje são o futuro do amanhã.

 

Mais uma vez digo aqui que estamos inscritos como casal adoptante desde Fevereiro de 2004 e que ainda terei que esperar mais 2 anos para ter o meu filho.  Na adopção também existem listas de espera que levam anos, para quem não tem conhecimento da causa. E a adopção não é exclusividade dos casais inférteis.

 

Bjs

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 20:15
link do post | comentar | ver comentários (125) | favorito
Terça-feira, 2 de Setembro de 2008

Infertilidade e Custos

Hà muito, que desejo "falar" sobre quanto custa ser infértil em Portugal.

 

Começamos por sentir que a gravidez não chega. Procuramos ginecologistas,

 

Preço por consulta: 70,00€

Fazemos ecografias: mais 25,00€

Histerossalpingografia: 250,00€

Análises, espermograma: 80,00€

 

(São precisas muitas consultas, ecografias, análises e espermogramas)

 

Controlamos temperaturas, contamos os dias e as horas em que o nosso sistema reprodutor, como que um relógio dita que é naquele momento que tudo vai acontecer. Criamos ilusões, esperanças, sonhamos...e desabamos por terra.

 

Acabamos por recorrer a ajuda especializada. Procuramos nos poucos centros públicos disponíveis no País e criamos ilusões novamente, mas as esperas, as intermináveis listas de espera, arrastam-nos para tràs quando a nossa vontade é fazer o sentido inverso.

Acabamos por procurar ajuda nos centros privados.

 

Cada consulta: entre 80,00€ e 130,00€,

Espermograma: 80,00€

Análises: gastei recentemente 800,00€ em análises e estudo molecular (sem comparticipação)

Histeroscopia: 180,00€

Ecografia: 25,00€

 

Diagnósticos feitos, avançamos para PMA (Procriação Médicamente Assistida)

 

IIU (Insiminação Intra-Uterina): 600,00€

FIV (Fertilização In-Vitro): 3000,00€

ICSI (Micro-injecção): 5000,00€

DGPI (Diagnóstico Genético Pré-Implantatório): 8000,00€

Doação de Gâmetas: 6500,00€

 

Medicação: 1000,00€ por cada tratamento

Seringas: 0,70€ (são precisas cerca de 30 ou mais por tratamento).

 

No meu caso e no de alguns casais juntamos aos custos o gasóleo, portagens, e desgaste do carro, porque fazemos 560 km: cerca de 500,00€ por tratamento.

 

Partindo do principio que se têm que fazer várias tentativas de tratamentos para se conseguir uma gravidez, e fazendo as contas aos custos, assim chegamos à conclusão que não podermos ir tantas vezes jantar fora como a maioria dos casais o fazem, não podemos ir de férias para onde desejariamos como tantas outras pessoas o fazem, não podemos ter a casa dos nossos sonhos, o carro que idealizamos, porque tudo o que conseguimos amealhar é para o nosso filho...o filho que ainda não existe, mas pelo qual já investimos tanto.

As pessoas que têm filhos queixam-se dos custos dos infantários, das roupas que deixam de servir, do custo dos livros escolares...quem me dera que todo o dinheiro que já gastei fosse para esses fins. Quem me dera...

 

Neste momento preciso ter 9.500,00€ para fazer um tratamento que nem sei se vai resultar.

 

Infelizmente o Estado não apoia os casais inférteis. Cada vez mais as pessoas constituem família mais tarde, esquecendo-se que o nosso sistema reprodutor tem um prazo de validade muito curto. Como é que um casal que está com 36 anos (por ex.) consegue inscrição num centro público? Se depois vai ter que estar cerca de 2 a 3 anos em lista de espera para fazer um tratamento? Quando chegar esse dia já excedeu o limite de idade imposto pelo hospital. E como é que um casal mesmo que seja mais novo consegue ficar parado a ver os anos a passarem à espera que o telefone toque e oiça: - chegou a sua vez. E depois? Se não resultar este tratamento, mais 2 anos à espera de uma nova oportunidade?

E as Seguradoras? Porque não se chegam à frente com este tipo de tratamentos se esta é uma doença reconhecida pela OMS?

E porque é que os medicamentos para a estimulação têm menos comparticipação que os outros medicamentos? A Infertilidade é uma DOENÇA, e deve ser reconhecida como tal.

Quando é que somos ouvidos?  Quando é que temos respostas?

 

Bjs a todos

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 22:05
link do post | comentar | ver comentários (48) | favorito
Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links