.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.favorito

. Felicidade perdida (3)...

. Emocionada

. A Marta nasceu!

. Às minhas filhas

. O 20º Tratamento

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Um resumo da minha luta (...

. Aqui ficam os links da en...

. Felicidade perdida (4)...

.posts recentes

. FIM

. A Festa de aniversário

. 2 anos

. 7 anos

. E aos 22 meses...

. 23 Anos

. Cusco!!!!!!!!!!!

. 21 meses

. Alguns dias...

. Mais progressos...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 7 de Setembro de 2007

Ontem fiquei triste...

Ontem encontrei uma pessoa que conheço desde a minha infância, e pela qual nutro uma grande empatia.

É claro que ela conhece todo o meu historial de ttt,Costumo ir muitas vezes ao seu local de trabalho, mas desta vez que me tive que dirigir lá, não a vi, e foi outro funcionário a atender-me, mas já estava para me vir embora, apareceu ela, com um ar abatido e veio logo ter comigo.

Desde Julho que não a via, pois estive de férias e não voltei lá mais, na ultima vez que a vi, ela estava felicissima, com a 2ª gravidez que tinha confirmado à poucos dias atràs. Para além de ter uma menina linda, esta gravidez tinha sido planeada e muito desejada, e nem os 36 anos que se apoderam dela, a fizeram deixar de sonhar com o 2º filho.

Quando ontem a vi, perguntei-lhe logo pelo bebé, não notava nada na sua barriga, mas também com a roupa que trazia acabava por disfarçar. Quando ela me disse com um ar muito triste: - Susana, já não há bebé...

Nem sabia o que dizer. Fiquei sem palavras, parecia que me tinha caído o chão, e só me limitei a pedir desculpa.

Ela saíu do local de trabalho e acabamos por estarmos à conversa ali mesmo, sozinhas e em sofrimento

Dizia ela que só se lembrava de mim, e de mim, e de mim...

O bebé dela parou de crescer às 8 semanas de gestação. Teve que fazer raspagem, e...Meu Deus, porquê, porquê, porque é que temos que passar por isto?

Perguntei-lhe como estava psicológicamente, e ela diz que custa muito, e que nem sabe se vale a pena voltar a tentar.

Saí daquele edificio com os olhos replectos de lágrimas e só quando entrei no carro as deixei caír.

Se antes do que me aconteceu, eu já ficava sensibilizada com todas as mulheres que perdiam os bebés, agora estou muito mais, e fico mesmo muito chocada, e revoltada quando sei que alguém teve que passar por tudo o que eu já passei, e digo-vos amigas, NÃO É FÁCIL. Todos os dias, todas as horas as minhas bebés estão presentes no meu pensamento e as saudades a cada dia que passa aumentam a um ritmo alucinante.

Espero que ela encontre as forças necessárias para superar tudo o que passou, assim como todas as que têm que passar por tamanho desgosto.

Precisava desabafar, porque sinto um nó na garganta, hoje estou assim, nostálgica, talvez amanhã seja um dia melhor.

 

Já repararam no meu perfil? 17 anos de luta. Sinal de que houve aniversário de casamento. No dia 19 de Agosto completamos mais um aninho, como o tempo passa...

 

Um bj enorme a cada uma de vós

Susana Pina

publicado por sonhoterumfilho às 10:50
link do post | comentar | favorito
17 comentários:
De Lita a 7 de Setembro de 2007 às 12:06
Amiga

felizmente nunca passei por uma situação como essa mas, por querer tanto um filho, imagino a dor, a revolta e o desespero de perder um bebé que nunca se teve nos braços. Deve ser uma dor dilacerante!

Mas a tua amiga há-de conseguir superar e há-de ter a felicidade de conseguir uma nova gravidez.

E tu, com tanta luta e tanta coragem para lutar, também hades conseguir! Tanto sofrimento tem que trazer alguma recompensa!!!

Um beijinho grande e um xicoração muito apertado.

Lita
De Lidia a 7 de Setembro de 2007 às 15:13
Palavras para quê, é a nossa sina, por um lado ficamos felizes por poder ajudar outras pessoas que passam por algo tão mau como nós passámos. Mas por outro lado desperta a tristeza que mora no nosso coração e apesar dos meses não teima em diminuir.
Sei bem o que sentes e tão forte e as saudades são tantas, que cada vez tenho mais a certeza que nunca passará e o tempo (ao contrário do que todos dizem) não ajuda, muito pelo contrário cada vez é mais forte.
Eu tambem estou numa faze mais down, mas são fazes, esperemos por uma faze melhor. Um dia ela virá eu acredito que sim, para todas nós.

Beijo muito carinhoso para ti amiga

Lidia
De infertilidadeumsonhoumavida a 7 de Setembro de 2007 às 18:01
Não há palavras...


beijinhos

De criolinha a 7 de Setembro de 2007 às 22:08
Amiga Guerreira!
primeiro quero dar-vos os parabéns pelo aniversário. Apesar de tudo estão juntos e isso é o mais importante neste momento.
Quantop á historia que relatas, infelizmente tb tenho algumas para contar. A vida é mesmo assim e apesar de sabermos que por conhecermos a infertilidade na primeira pessoa poderemos estar melhor preparadas, na realidade não é bem assim e ficamos muito sentidas pelas nossas amigas, primas, cunhadas, enfim :(
Um beijinho grande para voces e continem a acreditar ;)
De susana rodrigues a 8 de Setembro de 2007 às 11:45
ola susana
tambem tenho essa dor dentro de mim de ainda não ter um filho nos braços. em janeiro recebi a noticia que tinha gravidez não evolutiva as 10 semanas, foi a pior noticia que eu ouvi na vida (o coração do seu bebe ja não bate). tive um misto de emoções de fracasso e de impotencia de nada poder fazer pelo meu bebe. estou a fazer tratamento com dufine, duphaston e pregnyl 5000 e ja vou no quarto mês e nada cada més que passa é de esperança e frustação. obrigada pelos vossos testemunhos são de esperança e de força. susana rodrigues
De marta a 8 de Setembro de 2007 às 16:21
Olá Susana,
Acredito que seja mesmo muito dificil lidar cm a situação. Infelizmente é algo que ninguém pode ou consegue controlar. Temos sempre que nos levantar e continua a luta, não é?
bjs
De Raio de Sol a 8 de Setembro de 2007 às 21:26
muita força linda...
De Farófia a 8 de Setembro de 2007 às 21:32
Sem palavras... É nestas alturas que acho que a vida é mesmo injusta.

Um beijinho grande carregado de força,
Farófia
De kitty a 9 de Setembro de 2007 às 16:38
Tal como tu...
Um nó na garganta...
Coragem, amiga, melhores dias virão...

Muitos miminhos
De Bem Me Queres a 9 de Setembro de 2007 às 16:57
Amiga, não podia estar mais solidária com as tuas palavras. Conhecemos bem a dor da perda e sabemos o qt custa superá-la...
Beijinhos doces, doces

Comentar post

Lilypie Angel and Memorial tickers Lilypie Second Birthday tickers

.links